Brasil registra 984 novos óbitos por Covid-19 e total atinge 118.649

SÃO PAULO (Reuters) - O Brasil registrou nesta quinta-feira 984 novos óbitos em decorrência da Covid-19, o que eleva o total de mortes pela doença no país a 118.649, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

Segundo país mais afetado pelo coronavírus no mundo, atrás somente dos Estados Unidos, o Brasil também notificou 44.235 novos casos da doença, atingindo um total de 3.761.391 infecções confirmadas.

O ministério, que vê uma tendência de queda no número de casos da Covid-19 no país, afirmou na véspera que a alta contagem de infecções no país reflete uma maior realização de testes para a doença, indicando que cerca de 4,8 milhões de exames moleculares RT-PCR foram processados no país até o momento —consideradas as redes pública e privada.Em relação aos óbitos, o diretor do Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças Não Transmissíveis, Eduardo Macário, disse na ocasião que a contagem atual está em um “platô elevado”, mas acompanha a elucidação de mortes de períodos anteriores da pandemia, citando a notificação de óbitos que “ocorreram em meses anteriores —julho, junho”.

Estado mais afetado pela Covid-19 no Brasil, São Paulo atingiu nesta quinta 784.453 casos e 29.415 mortes. O Estado foi o primeiro a reportar uma infecção pelo novo coronavírus no país, marca que completou seis meses na quarta-feira.

Na sequência da lista divulgada pelo ministério, que é balizada pelas contagens de casos, aparecem a Bahia (247.853 infecções e 5.178 mortes) e o Rio de Janeiro, que contabilizou 219.198 casos e 15.859 óbitos.

Ceará e Minas Gerais completam o grupo dos cinco Estados brasileiros com mais de 200 mil casos de Covid-19 confirmados, enquanto o patamar de 100 mil infecções foi superado por um total de 15 Estados e pelo Distrito Federal.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, o Brasil possui 2.947.250 pacientes recuperados da doença e 695.492 pessoas em acompanhamento. A taxa de letalidade da Covid-19 no país é de 3,2%.