Paraná: Governo busca soluções de mobilidade para a Grande Curitiba e Cascavel


O governador Carlos Massa Ratinho Junior se reuniu nesta quarta-feira (6), no Palácio Iguaçu, com representantes da empresa chinesa BYD (Build Your Dreams), fabricante de veículos elétricos com zero emissão de poluentes. Em dois encontros simultâneos, com a participação dos prefeitos da Capital, Rafael Greca, e de Cascavel, Leonaldo Paranhos, foram discutidas soluções de mobilidade para a Região Metropolitana de Curitiba e para a cidade do Oeste paranaense.


A proposta do Estado é buscar novos modais para o transporte coletivo, que incluam veículos mais eficientes, modernos e menos poluentes. No Brasil, a BYD iniciou a operação de sistemas de monotrilho e de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) em Salvador, além de contar com projetos em São José dos Campos e em uma das linhas do metrô de São Paulo.


Para a Região Metropolitana de Curitiba, o Governo do Estado desenha junto com os prefeitos das cidades que fazem parte do Sistema Integrado de Transporte Metropolitano a implantação de um modelo de transporte com veículos elétricos, contemplando os municípios que têm os maiores fluxos de passageiros. De acordo com a URBS, em tempos normais, um contingente formado por 1,5 milhão de pessoas se desloca de ônibus diariamente entre a capital e a Grande Curitiba.


“O sistema de transporte de Curitiba ficou reconhecido mundialmente por sua eficiência, mas o modelo já não atende à demanda atual. Queremos construir juntos uma solução para modernizar esse sistema, aproveitando os traçados já existentes para incluir outros modais, como VLT e o monotrilho”, afirmou o governador. “A capital paranaense será uma ótima vitrine para a empresa que trouxer novas alternativas para o transporte público”, ressaltou.


Entre as propostas para a capital está a de aproveitar a estrutura da Linha Verde para modernizar a ligação com cidades como Fazenda Rio Grande, Mandirituba, Araucária, São José dos Pinhais, Pinhais, Piraquara, Colombo e Campina Grande do Sul.


O governador defende que a adoção de veículos elétricos pode ser uma alternativa mais econômica e ambientalmente sustentável. Ele destacou os esforços do Estado para incentivar o uso de automóveis movidos à energia elétrica, sendo o primeiro a isentar as alíquotas do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para carros elétricos e do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para os fabricantes desses veículos.


CASCAVEL – Com o contrato de operação do transporte coletivo previsto para vencer em novembro deste ano, a cidade de Cascavel também busca alternativas mais eficientes e modernas. O município de 330 mil habitantes conta com uma média de 70 mil passageiros fazendo os deslocamentos de ônibus diariamente, com uma frota de cerca de 150 veículos.


  • PRESENÇAS – Participaram das reuniões o vice-governador Darci Piana; o presidente da BYD Brasil, Tyler Li; o diretor de Negócios da empresa, Alexandre Liu; e o representante da BYD Brasília, Kleber Porciuncula; o chefe da Casa Civil, Guto Silva; os diretores-presidentes da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba, Gilson Santos; da Cohapar, Jorge Lange; e da Invest Paraná, Eduardo Bekin; o diretor de Operações do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremos Sul (BRDE), Wilson Bley Lipski; o vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel; o secretário Municipal de Governo, Luiz Fernando Jamur; e o presidente da URBS, Ogeny Neto.