Igreja Matriz de Santa Felicidade ganha iluminação cênica em tecnologia LED

 A Igreja São José e Santa Felicidade, na Avenida Manoel Ribas, construída por imigrantes italianos há 130 anos e primeira no mundo fundada pela congregação de São Carlos Scalabrinianos, ganhou nova iluminação cênica com tecnologia LED, que destaca detalhes arquitetônicos da fachada.



O novo sistema luminotécnico foi entregue à comunidade da região na noite da quarta-feira (8/12), durante a missa festiva que marcou o encerramento do Ano Extraordinário de São José, uma homenagem aos 150 anos em que o santo foi declarado padroeiro da Igreja Católica.


A iluminação especial da igreja  inclui um pacote de templos religiosos e monumentos históricos que serão contemplados com o Programa de Iluminação Cênica e de Destaque de Monumentos e Prédios Históricos e pelo Programa Rosto da Cidade, cujo objetivo é destacar com luz os adornos e contornos da arquitetura, valorizando espaços importantes para a cidade. Os serviços foram executados sob a coordenadoria do Departamento de Iluminação da Secretaria Municipal de Obras Públicas.


“Apreciem os detalhes dessa Matriz neoclássica que poderia estar em Veneza ou em Roma. É uma igreja italiana de altíssima qualidade arquitetônica e que enche de alegria o meu coração cristão e de prefeito. A nova iluminação (entrega) coincidiu com o final do ano jubilar que o Papo Francisco decretou em louvor ao seráfico São José, pai amoroso amantíssimo e nutrício do menino Jesus”, diz o prefeito Rafael Greca.


 


Restauração

A autorização para incluir a igreja no programa foi dada em 2019, pelo prefeito Rafael Greca, durante uma visita realizada às obras de restauração da paróquia. Na época, a solicitação da comunidade para as melhorias luminotécnicas do local foram solicitadas por Tobias Bonk Machado, arquiteto responsável pela restauração do edifício, representando a comunidade.


A nova iluminação complementa trabalhos de restauração da igreja, que estão em andamento para resgatar os 130 anos de história da paróquia, a partir de detalhes da construção, que teve a participação de imigrantes italianos, famílias que também foram fundadoras do bairro Santa Felicidade. O templo foi inaugurado em 1891 e o campanário, que abriga os sinos, em 1901. O processo de restauro teve início em 2017 e foi dividido em três etapas – estrutural, luminotécnica e artística.


Iluminação

Para realçar as características da edificação, a Prefeitura instalou 12 projetores LED embutidos no piso para a iluminação das fachadas da igreja, em pontos específicos: oito iluminam a fachada lateral, com cor temperatura de 3000 Kelvin (branco quente) e quatro foram embutidos no piso destacando as colunas da entrada principal, com temperatura de cor de 4000K (branco frio). No ponto central superior foi instalado um projetor LED de 160 watts que ilumina o vitral de dentro para fora.


Os desenhos arquitetônicos das aberturas na fachada frontal foram valorizados com seis projetores LED direcionáveis de 5 watts. A fachada vertical e o mural acima da porta de entrada receberam outros quatro projetores LED de 9 watts. Na torre do campanário foram instalados nas bordas e no topo, 28 projetores LED direcionáveis de 9 watts, e outro projetor LED de 50W na parte interna da torre.


Rodrigo Araújo Rodrigues, secretário municipal de Obras Públicas, destacou a importância do programa de iluminação cênica que, além de mais beleza a Curitiba, serve para reforçar o apoio da Prefeitura à valorização do comércio, da indústria, dos serviços, da gastronomia e do turismo.


“Foi um projeto desenvolvido para destacar as características da fachada e valorizar a história desta importante igreja, que além de espaço de fé e oração, guarda a memória do trabalho e do desenvolvimento das famílias de imigrantes que construíram o bairro e a nossa cidade”, disse o Rodrigo Araújo.


O diretor do Departamento de Iluminação Pública, Tony Malheiros, destaca que mais cinco igrejas e quatro monumentos que são marcas da cidade terão as fachadas realçadas pela iluminação cênica. “Os projetos estão em fase de execução e planejamento. Entre eles está a Igreja Nossa Senhora das Mercês, também na Avenida Manoel Ribas, no bairro Mercês, cujos serviços estão em andamento”, conta Tony.


Padroeiro da Igreja Católica

A entrega da nova iluminação aconteceu na data que marca o encerramento das comemorações do Ano Extraordinário de São José, instituído pelo Papa Francisco em 8 de dezembro do ano passado, para celebrar os 150 anos em que o santo foi declarado padroeiro universal da Igreja Católica. O anúncio, no ano passado, foi feito por meio da carta apostólica Patris corde, do Papa Francisco. O Ano Extraordinário homenageia o humilde carpinteiro que teve a coragem de assumir a paternidade legal de Jesus Cristo.


“Já estão acesas as luzes cênicas que iluminam com muita beleza a nossa igreja. É uma benção que tenhamos esse presente ofertado pela Prefeitura em um dia tão especial, de celebração pelo nosso padroeiro São José. Que agora que os efeitos da pandemia são menores, as luzes guiem as famílias novamente para regressarem ao nosso espaço de oração”, disse o padre Luis Alfonso Espinel Vargas.


Presentes à missa festiva, os féis contemplaram a nova iluminação após as homenagens feitas a São José, que contou com a apresentação musical de crianças, apresentação da imagem do santo e inauguração de um espaço no jardim, dedicado ao pai adotivo de Jesus. Além do secretário municipal de Obras, Rodrigo Araújo Rodrigues, e do diretor do departamento de iluminação, Tony Malheiros, participou do evento a administradora da Regional Santa Felicidade, Simone Chagas Lima.

Fonte: SMCS

© Copyright 2007 - 2022 Jornal de Curitiba
Desenvolvido por Editora MR Agência Digital