Esporte leva trupes circenses às praias do Litoral durante o mês de janeiro

 


A magia do circo também faz parte do Verão Paraná - Viva a Vida 2021/2022 ao longo de todo o mês de janeiro, com duas equipes itinerantes que percorrem as cidades de Morretes, Pontal do Paraná, Matinhos, Guaraqueçaba, Guaratuba, Antonina e Paranaguá, além de 12 trupes de circo fixas que fazem apresentações durante o dia.


A Superintendência do Esporte é a responsável por levar o circo às cidades litorâneas e proporcionar a adultos e crianças a chance de se encantar com as apresentações.


“Como ainda estamos em pandemia, trazer o circo às praias foi a forma do Governo do Estado abraçar essa atividade, que é tão rica em conteúdo, mas decaiu com as medidas sanitárias mais restritas. Além disso, o circo é chamativo às famílias e não encoraja grandes aglomerações, o que o torna uma de nossas melhores opções de entretenimento no Litoral”, disse o superintendente do Esporte, Hélio Wirbiski.Apesar de o público-alvo dos espetáculos ser o infantil, as equipes circenses têm o poder de sensibilizar, despertar a curiosidade e divertir a todos. Em Caiobá, Evelin Guedes, de cinco anos, foi levada a uma das apresentações por seus pais e até participou do show. “A parte que mais gostei foi a do mágico”, disse a pequena.


“Ficamos sabendo da presença do circo quando um dos caminhões de som do Esporte passou perto da nossa casa de veraneio avisando horário e local do show, e logo viemos para cá prestigiar”, relata o pai de Evelin, Everson dos Santos, que é de Curitiba e passa férias no Litoral. “É muito bacana essa distração para as crianças que, até então, não possuíam este tipo de oportunidade para rir e admirar o trabalho dos atores presencialmente. Minha filha ficou encantada do início ao fim, e eu também”, diz.


Uma das encenações é protagonizada por dois atores que se vestem de gato e rato e contam uma breve história sobre a amizade, ao mesmo tempo em que interagem com as crianças. O mágico também tem espaço e chama crianças da plateia que queiram participar dos truques para tornar o espetáculo ainda mais imersivo.


O coordenador da empresa responsável pela atividade circense, Andre Dihl, contratada pela Superintendência do Esporte, conta que a parceria do circo com o Estado é muito importante para levar cultura à nova geração.


“Graças ao esporte e a esse retorno cauteloso dos shows com público, pudemos voltar com as apresentações e explorar um novo tipo de espetáculo na areia das praias, o que tem sido bem positivo e gratificante”, disse.A produtora da companhia Teatro Pisca Pisca e também atriz, Patrícia “Trintin” Moreno, destaca que o brilho no olhar das crianças é a melhor retribuição possível durante os shows. “A adesão do público tem sido incrível. Mesmo com as apresentações sendo no início da noite, em um lugar aberto e com outros fatores externos que podem interferir, notamos um grande interesse do público que, aos poucos, enche a plateia até lotar”, diz.


CRONOGRAMA – As equipes itinerantes circenses, que fazem apresentações nas estruturas do Esporte, percorrem as cidades litorâneas do Estado durante o mês de janeiro.


Os shows acontecem às 19h e 20h. Os próximos serão em Praia de Leste (07/01 e 28/01), Shangrillá (08/01 e 15/01) e Caiobá (09/01 e 29/01), Ipanema (14/01 e 30/01), Guaratuba (16/01), Paranaguá (21/01), Morretes (22/01) e Antonina (23/01).


Fonte: AEN

© Copyright 2007 - 2022 Jornal de Curitiba
Desenvolvido por Editora MR Agência Digital