Tecnologia curitibana ajuda igrejas a se conectarem com seus membros

Empresa que fornece soluções audiovisuais tem crescimento exponencial auxiliando igrejas na transmissão de cultos com alta qualidade

Não só a forma como nos relacionamos com os outros mudou com a pandemia da Covid-19. Mas a forma como nos relacionamos com a nossa fé também, especialmente com o fechamento e o impedimento do funcionamento dos locais religiosos por conta do isolamento social.


E como tempos difíceis exigem novas soluções, a inovação e a tecnologia audiovisual foi peça fundamental para que as pessoas pudessem ter, mesmo em suas casas, mensagens de fé e esperança. Por isso, muitas igrejas investiram na transmissão de seus eventos, buscando manter a qualidade de imagem e vídeo para que os membros pudessem participar.



“Muitas igrejas eram resistentes à ideia de transmissão de seus cultos, porém, com a pandemia, tiveram que implementar essa solução a toque de caixa. No fim elas perceberam que a transmissão em alta qualidade faz diferença e isso acabou virando uma tendência”, diz Iúri Jainan, CEO e fundador da Viddium – empresa de inovação para o mercado de vídeo, que oferece soluções para produção, automação e distribuição de conteúdo.


Fundada em agosto de 2019, a Viddium teve um ótimo crescimento com essa demanda das igrejas. A empresa fornece não apenas equipamentos de última geração e marcas consagradas para a produção e transmissão de vídeos, como também presta assessoria para a montagem de soluções de acordo com a necessidade e o tamanho de seus clientes.


Como existem igrejas que têm demandas diferentes, que variam de acordo com o tamanho do templo, arquitetura e até mesmo iluminação, a Viddium criou kits de equipamentos que vão de um set básico a equipamentos com robótica. Jainan explica que a Viddium faz a integração de equipamentos de várias marcas, o que permite reduzir o preço e manter a qualidade, que vai do Full HD até 8K.


O kit mais básico da empresa, que atende igrejas menores ou que estão começando a investir em transmissões, conta com uma câmera, um tripé e uma placa de captura. Esse sistema é integrado a um software de broadcasting gratuito e custa na faixa de 5 mil reais, com qualidade Full HD.


Para locais maiores e que exijam uma infraestrutura mais robusta, existe o kit de três câmeras com tripé ou câmeras PTZ, que permitem o controle robótico e remoto horizontal, vertical e zoom panorâmico, dando uma visão mais ampla em auditórios. Esse pacote também conta com um switch, que é o equipamento que permite o corte entre câmeras e confere um aspecto muito mais profissional à transmissão. Por esta razão, esse kit custa em torno de 50 mil reais.


Vale ressaltar que essa kits são customizáveis, caso haja alguma demanda mais específica, como, por exemplo, lidar com locais mais escuros ou mesmo que não tenham onde fixar tripés.


Contando com dez colaboradores atualmente, o crescimento da empresa nos últimos anos levou a Viddium a ter clientes em todo o Brasil, em todos os estados, especialmente no Norte e Nordeste do país. Para isso, a empresa desenvolveu um sistema de logística para garantir o funcionamento e a satisfação de seus clientes.


“O mundo evoluiu e nós, líderes de nossas igrejas, precisamos pensar em estratégias para chegar cada vez mais às pessoas. Muitas igrejas não tinham se preparado com a estrutura e a tecnologia. Com novos equipamentos audiovisuais, tivemos uma nova experiência, especialmente em termos de qualidade e imersão, levando a palavra até a casa das pessoas”, diz o pastor Waldemar Silva, diretor das Relações Institucionais do Núcleo de Pastores de Curitiba, comunidade que realizou no mês de março o evento “Café com Pastores”, que contou com mais de 500 líderes das igrejas e com preletores, inclusive, de fora do país, como a Missionária Dimitri, que veio de Dallas, nos Estados Unidos. A condução foi realizada pelo pastor Flávio Valvassoura, líder da Igreja do Nazareno de Campinas, interior de São Paulo.


Márcio Roberto Moreira, técnico de áudio e som da Comunidade Alcance, em Curitiba, onde o evento foi realizado, explica que a tecnologia tem sido fundamental para garantir a transmissão dos eventos de forma on-line. Em um local com capacidade para mais de 2 mil pessoas, são utilizadas quatro câmeras PTZ robóticas que permitem uma enorme variedade de cortes. Inclusive estão em fases de testes câmeras com a função autotraking: que permite a captação de movimentos de forma automática. “As igrejas não tem muito conhecimento da parte profissional de vídeo, e a parceria com empresas especializadas é possível realizar investimentos de forma segura e de acordo com a nossa realidade e demanda, que era entregar aos nosso membros uma experiência muito próxima do “ao vivo” , diz o técnico.


“A qualidade audiovisual que oferecemos hoje é um diferencial, pois não podemos esquecer de um detalhe: a experiência. Quem acompanhou o evento na Comunidade Alcance, que já é nosso cliente, pode ver como a infraestrutura correta muda totalmente a imersão, ainda mais com tantas palavras marcantes como as ministradas no evento”, conclui Daniel Jobabi, diretor Comercial e Técnico da Viddium.



© Copyright 2007 - 2022 Jornal de Curitiba
Desenvolvido por Editora MR Agência Digital