Tradutor

Tribunal Eclesiástico Gaúcho promove novo curso de Pós-Graduação

0

A proposta desse Curso de pós-graduação vem ao encontro da crescente demanda de servidores devidamente preparados para atuarem de forma competente e tempestiva junto aos Tribunais Eclesiásticos das dioceses brasileiras. Visa proporcionar a graduados em Teologia e Direito uma formação básica para atuarem como notários, advogados, promotores de justiça, defensores do vínculo e juízes de Tribunais Eclesiásticos.



Vitral na Igreja Nossa Senhora das Graças em Maputo. (Reuters/Siphiwe Sibeko) 

Pe. Gerson Schmidt*


O Tribunal Eclesiástico da Arquidiocese de Porto Alegre promove um novo curso, on-line, de Pós-graduação em Processo Matrimonial Canônico – Turma 2024, com duração de 360 horas-aula (19 meses), 100% REMOTAS, por meio da PLATAFORMA ZOOM. O público-alvo são Graduados em Teologia e/ou Direito e atuais ou futuros servidores dos Tribunais Eclesiásticos. O início das aulas será agora em março/2024.

Este curso é proposto e coordenado pelo Tribunal Eclesiástico da Arquidiocese de Porto Alegre, por Dr. Pe. Carlos José Monteiro Steffen e Dr. Pe. Maikel Herold e oferecido pelo Instituto de Educação, Cultura e Humanidades – INSECH. O INSECH nasceu a partir de uma longa experiência de docência nas diversas instâncias do Ensino Superior: extensão, graduação e sobretudo pós-graduação Lato Sensu. De matriz humanística Cristã Católica, o INSECH procura estabelecer pontes que favoreçam a interação do Campo Acadêmico com os cidadãos que buscam adquirir novos conhecimentos e aperfeiçoar sua formação.


A programação do curso


A proposta desse Curso de pós-graduação vem ao encontro da crescente demanda de servidores devidamente preparados para atuarem de forma competente e tempestiva junto aos Tribunais Eclesiásticos das dioceses brasileiras. Visa proporcionar a graduados em Teologia e Direito uma formação básica para atuarem como notários, advogados, promotores de justiça, defensores do vínculo e juízes de Tribunais Eclesiásticos.


O Papa Bento XVI, em sua Exortação Apostólica Pós-Sinodal Sacramentum Caritatis, nº 29, em vista das prementes necessidades advindas da pastoral matrimonial, alerta para a necessidade, em cada diocese, de um número suficiente de pessoas devidamente preparadas a fim de garantir o caráter pastoral e uma atividade correta e pressurosa dos Tribunais Eclesiásticos.

A crescente demanda de processos de declaração de nulidade de Matrimônio, unida à necessidade das dioceses brasileiras de agilizarem tais processos, geram uma dupla demanda: capacitar melhor os servidores que já atuam nesses Tribunais Eclesiásticos e preparar novos colaboradores a serem contratados para os diversos ofícios desses mesmos Tribunais necessários para o encaminhamento de um processo de nulidade matrimonial.

Informações maiores e inscrições pelo link arquipoa.com/pgpmc ou pelo fone (51) 9929-3100 – Pe. Maikel (somente mensagens de WhatsApp).

*Pe. Gerson Schmidt – Jornalista colaborador

Nenhum comentário

Postar um comentário

O Jornal de Curitiba reforça o compromisso com o jornalismo paranaense, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.
Siga o Jornal de Curitiba no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar nossa comunidade.
Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.
Registre sua opinião

©1999 | 2024 Jornal de Curitiba Network BrasilI ™
Uma publicação da Editora MR. Direitos reservados.