Reuniões sobre negócios e arte dominam a agenda de Greca nesta terça-feira em Buenos Aires

0

 Reuniões com representantes da Telecom e do Museu Nacional de Belas Artes de Buenos Aires fizeram parte da agenda do prefeito de Curitiba, Rafael Greca, nesta terça-feira (4/6), quinto dia de visita à Argentina. A empresa é uma das maiores do país na área de telecomunicações, enquanto o museu está entre os principais da América Latina.


O prefeito Rafael Greca e primeira-dama Margarita Sansone visitam o Museu Nacional de Belas Artes de Buenos Aires.
Foto: Divulgação


@SMCS

“Foi um intercâmbio de ideias e boas práticas sobre telecomunicações, serviços e estratégias para levar arte para o cidadão. Vamos estreitar laços econômicos e culturais no Mercosul”, definiu Greca, que foi recebido com a primeira-dama, Margarita Sansone, pelo CEO da Telecom daquele país, Roberto Nobile, pelo diretor de Assuntos Jurídicos e Institucionais da empresa, Pablo Casey, e seu gerente de Assuntos Institucionais, Ramón Arellano.


O encontro aconteceu em almoço oferecido ao casal no Hipódromo de San Isidro, nas proximidades de Buenos Aires.


Arellano fez parte da comitiva que, em maio, visitou o Ippuc (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba) para conhecer as soluções urbanísticas desenvolvidas na capital paranaense.


O prefeito Rafael Greca com representantes da Telecom.
Foto: Divulgação


Templo da cultura

À tarde, na capital argentina, o prefeito de Curitiba foi recebido pelo diretor do Museu Nacional, Andrés Duprat, e pela curadora do espaço, Soledad Obeid. O intercâmbio de experiências e boas práticas nas áreas de gestão de patrimônio cultural, curadoria, preservação, digitalização de obras e manutenção de acervo permanente fizeram parte da pauta da reunião.


A visita inicia o estabelecimento de uma parceria cultural na área das artes visuais. Duprat, Greca e Margarita conversaram sobre o envio de fIlmes produzidos na Argentina, para exibição no Cine Passeio e na Cinemateca, além da participação do país vizinho na Bienal de Curitiba, em novembro.


Inaugurado em 1895, o museu funciona atualmente no elegante bairro La Recoleta e possui mais de 30 salas de exposições. Além de aproximadamente 13 mil obras de arte, o museu conta com uma biblioteca especializada em arte, de mais de 150 mil volumes.


Em seu acervo permanente, os visitantes podem ver obras de Picasso, Goya, Monet, Manet, Renoir e Van Gogh, entre outros mestres da pintura.


O prefeito Rafael Greca visita o Museu Nacional de Belas Artes de Buenos Aires.
Foto: Divulgação



Nenhum comentário

Postar um comentário

O Jornal de Curitiba reforça o compromisso com o jornalismo paranaense, profissional e de qualidade. Nossa redação produz diariamente informação responsável e que você pode confiar.
Siga o Jornal de Curitiba no Facebook, no Twitter e no Instagram. Ajude a aumentar nossa comunidade.
Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.
Registre sua opinião

©1999 | 2024 Jornal de Curitiba Network BrasilI ™
Uma publicação da Editora MR. Direitos reservados.