Acidente com produto perigoso e resgate de vítima é simulado no Parque Barigui

Fotos: Ricardo Deverson/GM

O Parque Barigui foi palco de uma simulação de atendimento a ocorrência com produtos perigosos, nesta sexta-feira (29/10). Com instrução do Corpo de Bombeiros, a simulação envolvia um acidente com produto tóxico e resgate de vítima e foi feita na área externa, em frente ao Salão de Atos.


“Os participantes aprenderam a montar um corredor de redução de contaminação para que, num acidente dessa natureza, a equipe de bombeiros devidamente equipada possa conter o vazamento e, depois, retornar por esse corredor para passar por um processo de lavagem”, explica o coordenador da Defesa Civil, Nelson Ribeiro.



Saber identificar o tipo de produto, que vai implicar em vestimenta e preparo específicos, além de auxiliar na descontaminação da vítima, foram pontos destacados no treinamento. Durante a prática, desenvolvida ao ar livre, todos utilizaram máscara de proteção, com disponibilidade de álcool em gel. Além disso, o coordenador da Defesa Civil observa que todos estavam com esquema vacinal completo contra a covid-19.


Aprendizado para órgãos parceiros

O simulado foi a parte final de um curso organizado pela Defesa Civil voltado a representantes de instituições que atuam diretamente com essa natureza de ocorrência: Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Rodoviária Estadual (PRE), Corpo de Bombeiros, Secretaria do Meio Ambiente, Guarda Municipal, Superintendência de Trânsito (Setran), Exército, Sanepar, Samu, Defesa Civil do Estado e do município de Campo Largo.


Durante toda a semana, cerca de 40 pessoas foram capacitadas nos módulos de legislação específica e estrutura da Defesa Civil; prevenção e combate a incêndios; primeiros socorros; sistema de comando de incidentes e gerenciamento de crises. “A construção dessa rede de contatos contribui para além do conteúdo técnico, com fortalecimento da resposta e da gestão a situações de emergência”, afirma o major Murilo Cézar Nascimento, membro da Defesa Civil do Estado.


A grade do curso contou ainda com módulos sobre atendimento a situação com múltiplas vítimas; atendimento a emergências com produtos perigosos e instruções de fiscalização do transporte de produtos perigosos sob a coordenação da ANTT no posto da BR-116. “A integração entre as forças potencializa a entrega do serviço público à sociedade”, afirmou Alan Ianke dos Santos, da ANTT. 


Semana Nacional de Redução de Desastres

A realização do curso fechou a programação local que marcou a Semana Nacional de Redução de Desastres. Em contrapartida, no fim do mês de novembro, a ANTT vai ofertar uma capacitação aos agentes fiscalizadores, com a participação de GM, Setran, Defesa Civil e BPTran.


Tombamento no Umbará

Simultaneamente ao simulado no Parque Barigui, a Defesa Civil atendeu a uma ocorrência real na manhã desta sexta-feira, no bairro Umbará. Nas proximidades do quilômetro 113 da BR-116 (Contorno Leste), um caminhão que transportava produtos líquidos inflamáveis e corrosivos tombou na via. 


Não houve vazamento nem derramamento dos produtos perigosos, mas de aproximadamente dois litros de um produto enquadrado como não perigoso. A Defesa Civil verificou as condições para o transbordo do material e a liberação para que um outro veículo apropriado continuasse o deslocamento.


A ocorrência foi atendida pelo Corpo de Bombeiros, com apoio no trânsito realizado pela concessionária da via e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

© Copyright 2007 - 2022 Jornal de Curitiba
Desenvolvido por Editora MR Agência Digital