Estudantes brasileiros recebem visto em Dubai e podem trabalhar legalmente

SEDA Intercâmbios promove webinar no dia 13 de janeiro sobre os programas de estudo e trabalho nos Emirados Árabes Unidos



Que tal estudar e trabalhar em um dos países mais ricos e diversos do mundo? Dubai, nos Emirados Árabes, tem uma série de atrativos, entre eles, bolsas de estudos e visto de trabalho para brasileiros. Todos os detalhes desses programas serão apresentados pela SEDA Intercâmbios, agência que já levou mais de 5 mil estudantes ao exterior, no dia 13 de janeiro, a partir das 19h.


Muito além das construções luxuosas que fazem da cidade um destino dos sonhos para muitos turistas, o país se destaca pela qualidade de vida, pelas oportunidades de emprego e pelo visto de trabalho facilitado. O processo de solicitação é feito junto a um consulado. “Os vistos são processados diretamente pela escola nos Emirados Árabes Unidos e a taxa de recusa é praticamente zero”, afirma Helicon Alvares, CEO da SEDA Intercâmbios.


A abertura do país pode ser verificada pelos números. Segundo o Ministério do Turismo do Emirados Árabes Unidos, só de julho a novembro de 2021, mais de 4,1 milhões visitaram a capital, Dubai, mesmo em meio à pandemia. Boa parte desse público foi visitar a Expo Dubai, um evento que reúne 190 países para abordar temas como cultura, tecnologia, inovação, design e excelência humana ao longo de 182 dias. São mais de 60 eventos diários, que acontecem simultaneamente e aumentam significativamente a demanda por mão de obra na cidade.


A base da economia local são os serviços financeiros, o setor imobiliário, o comércio e o turismo. Em 2022, inclusive, um dos maiores e mais aguardados eventos esportivos será realizado bem próximo do país. A Copa do Mundo, organizada este ano em novembro no Catar, atrai milhares de pessoas ao redor do mundo para assistir de perto aos jogos de suas seleções. Dentre os times já selecionados, o Brasil já está na lista.


Uma boa notícia é que os brasileiros são muito bem aceitos em Dubai, o que aumenta as chances de conseguir um bom emprego. As vagas mais comuns são na área de serviços, como atendimento de bares, cafés, hotéis e restaurantes. As remunerações, em geral, variam em torno de US$ 10 a US$ 30 por hora, dependendo da atividade exercida e do nível de inglês do aluno. E o melhor é que não há um limite máximo de horas a serem trabalhadas por semana.


Para receber a permissão de trabalho, é necessário estar matriculado em um curso com carga horária mínima de 15 aulas semanais. O mais indicado são os programas com duração de quatro meses, uma vez que o estudante terá o direito de adquirir um visto de um ano e, ainda, possibilidade de trabalhar durante todo o período, sem limite de horas. Muitos, inclusive, aproveitam esse tempo para aprimorar o inglês, como diferencial para conquistar melhores cargos e as posições desejadas.


O processo descomplicado é o grande diferencial. O estudante precisa apresentar apenas um passaporte válido e uma foto 3x4 em fundo branco. Não há nenhum tipo de exigência de comprovação de renda ou de investimentos financeiros. E, diferentemente do que muitos pensam, o intercâmbio em Dubai é relativamente mais econômico do que em outros destinos. O programa de quatro meses, por exemplo, que inclui o curso de 12 semanas e o visto de trabalho de um ano, está com bolsas de 15%, saindo por USD 3.215. Esse valor já inclui matrícula, curso de inglês, material didático, duas semanas em acomodação compartilhada, despesas com visto e o transfer de chegada ao aeroporto. O valor ainda pode ser parcelado em até 36x com o financiamento estudantil.


Ainda, com o crédito estudantil, há uma maior facilidade em pagar o financiamento do pacote desejado. Sua concessão agiliza o processo e possibilita uma realidade que, para muitos, era distante por empecilhos econômicos. “Com uma análise de crédito mais humanizada e focada na capacitação e inclusão dos jovens no mercado de trabalho, os estudantes conseguirão pagar seu financiamento e, poder trabalhar em um dos países mais ricos e importantes no mercado mundial”, finaliza Tavares.


Para saber tudo sobre o destino e promoções, basta se inscrever para o webinar no link: https://lp.sedaintercambios.com.br/dubai-2022


Serviço:

  • Webinar Intercâmbio em Dubai
  • Dia 13 de janeiro, às 19h
  • Bolsas de 15%
  • Crédito estudantil
  • Visto de trabalho

Mais informações em: https://lp.sedaintercambios.com.br/dubai-2022

Sobre a SEDA Intercâmbios:

www.sedaintercambios.com.br   

Com mais de 10 anos de mercado, a SEDA Intercâmbios foi fundada com o objetivo de conectar pessoas e democratizar o intercâmbio cultural, oferecendo experiências únicas que unem estudos, trabalho e lazer.



© Copyright 2007 - 2022 Jornal de Curitiba
Desenvolvido por Editora MR Agência Digital