No Dia Nacional da Araucária, estudantes aprendem e ajudam na preservação da espécie


Teve Família Folhas, o Curitibinha e o plantio de novas mudas para marcar o Dia Nacional da Araucária em Curitiba, nesta nesta sexta-feira (24/6). A comemoração aconteceu na Rua da Cidadania da Regional Cajuru, com a presença do prefeito Rafael Greca e dos curitibinhas das escolas municipais Madre Antônia e Maria de Lourdes Lamas Pegoraro. 

O prefeito contou às crianças sobre a origem antiga da árvore-símbolo do Estado e cujas sementes dão nome à capital e enalteceu a sua preservação. “Só vamos continuar comemorando o Dia da Araucária se a árvore for preservada e continuar sendo plantada”, disse, ao lado das secretárias do Meio Ambiente, Marilza do Carmo Oliveira Dias; e da Educação, Maria Silvia Bacila.

Greca também agradeceu aos estudantes, que entregaram as suas contribuições de pinhões coletados ao projeto Pinhão Curitibano, ação que tem a proposta de recolher sementes de araucária de vários locais da cidade. 

Os pinhões doados pelos curitibanos serão levados ao Horto Municipal da Barreirinha para a produção de mudas mais resilientes, com o objetivo de garantir a preservação da espécie. A população pode colaborar até o dia 1º de julho. 

Acompanharam os plantios, ainda, a presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Ana Cristina de Castro; o superintendente de Obras e Serviços da Secretaria do Meio Ambiente, Jean Brasil; os diretores de Produção Vegetal, José Roberto Roloff, e de Parques e Praças, Giovando Romanine; e o administrador da Regional Cajuru, Narciso Doro. Além dos vereadores Pier Petruzziello, Beto Moraes, João da 5 Irmãos e Serginho do Posto.

A atividade fez parte da programação do Mês do Meio Ambiente e o plantio também entra na conta do Desafio 100 Mil Árvores para Curitiba, que já contabiliza mais de 230 mil novas mudas na cidade desde 2019.


@SMCS

© Copyright 2007 - 2022 Jornal de Curitiba
Desenvolvido por Editora MR Agência Digital