Como melhorar sua primeira impressão profissional?


A especialista Manoella Dalledone dá dicas valiosas para a entrevista de emprego ideal


Passar uma primeira impressão que justifique bem quem você é e os seus objetivos profissionais é a primeira tarefa a ser cumprida em uma entrevista de emprego. O desejo de todo candidato é que ela fale por si e garanta a oportunidade sonhada, mas boa parte acaba falhando justamente nestes primeiros momentos cruciais para o olhar do futuro empregador. Entretanto, assim como é possível dar uma má impressão, uma boa conduta também pode abrir portas que te levem mais perto da vaga. Para que seu objetivo seja alcançado, a psicóloga e gestora de recursos humanos, Manoella Dalledone, dá algumas dicas capazes de fazer a diferença frente aos recrutadores.  


Planeje o seu dia!


Se você está em busca da vaga dos sonhos, esse é o dia que você vai lembrar para sempre. Saia de casa mais cedo, assim poderá chegar no horário marcado apesar dos imprevistos que possam surgir. Ter informações sobre a empresa e o cargo, para Manoella, também é fundamental: “Conhecer o básico sobre onde você quer trabalhar e a função que vai exercer, na era da internet, é tão simples quanto apontar e clicar”. Além disso, separar uma vestimenta adequada para a etiqueta da empresa poupa o entrevistador e o entrevistado de possíveis desconfortos.


Respeito: requisito básico


Não esquecer de fazer o mínimo também é importante: desligue o celular, agradeça pelo tempo que está tendo para se apresentar, seja cordial com todos os funcionários independente do cargo, e seja sincero quanto às habilidades que possui e as competências que ainda não domina - mas mostrando interesse em desenvolvê-las.


Tenha domínio da sua fala


Estudar as perguntas e respostas mais comuns de uma entrevista não fazem mal a ninguém, mas aposte num discurso original e não em algo pronto. A especialista também alerta para a empolgação que deve ser mostrada na conversa. “A proposta da empresa e o que ela produz devem fazer sentido ao candidato e despertar nele um interesse genuíno”, comenta. Lembrando que ser confiante não significa falar mal de antigos empregadores ou concorrentes à vaga, e sim falar bem de si mesmo, com humildade e sinceridade.


Assim, o segredo está revelado: quem conhece a si mesmo e confia em suas ações, não precisa temer suas palavras. Seja verdadeiro com os seus objetivos e nunca priorize algo que não esteja de acordo com o modo de vida que você busca cultivar. A empresa busca indivíduos capazes, curiosos e com vontade de aprender. Reflita: algum desses representa você?






  • Verônica Pacheco 
  • Toda Comunicação
  • Email: redacao@todacomunicacao.com.br
© Copyright 2007 - 2022 Jornal de Curitiba
Publicado por Editora MR Agência Digital