Edição de setembro da Business Round lota o espaço Hipe

Edição de setembro da Business Round lotou o espaço Hipe nesta segunda-feira. Foto: Divulgação

A Business Round, encontro de negócios da alta tecnologia do Vale do Pinhão, aconteceu na noite desta segunda-feira (19/9) e lotou o Hipe Innovation Center, reunindo mais de 150 pessoas entre empresários, startups, investidores, pesquisadores e gestores. O Hipe é um hub de inovação localizado no Rebouças e um dos primeiros no país com dedicação total ao desenvolvimento de negócios com inovações tecnológicas para o varejo.


Ao todo, 12 startups fizeram a rodada de pitches (apresentações rápidas) buscando a atenção dos investidores e visando conectar parcerias de desenvolvimento ou sociedades. Cada startup tinha 4 minutos para mandar seu recado. Realizaram pitches as seguintes startups: 3D Agrotech, HA Techno, Inpakta, Qery Marketplace, RevisApp, Rise Sales, Take & Go, Medless, St-One, Pacer, Zoop, Nord Money.


O público pode votar nas melhores apresentações por um formulário virtual. As mais bem avaliadas poderão participar de uma trajetória visando se submeter ao grupo de investidores Anjos do Brasil, um dos maiores e mais atuantes do país no mercado da inovação.


Edição de setembro da Business Round lotou o espaço Hipe nesta segunda-feira. Foto: Divulgação

A Medless, que passou a integrar o programa de incentivos fiscais Curitiba Tecnoparque em 2022, participou da Business Round pela segunda vez e fez seu pitch. “Ter a oportunidade de apresentar uma solução tecnológica na área da saúde para empreendedores é um privilégio para nossa empresa, temos orgulho de fazer parte desta comunidade e saber que grandes ideias são incentivadas e apoiadas na cidade considerada uma das mais inteligentes do país”, afirmou Nádia Kelli Dietrich, CEO da Medless.


“Nem a chuva conteve a disposição dessa gente inteligente que faz o Vale do Pinhão ser tão vibrante e conectado”, comentou Marlon Cardoso, coordenador geral de programas da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.


Além das startups, quem tem oportunidades que possam interessar às empresas ou deseja divulgar negócios e eventos vinculados à inovação pode apresentar os Pitch Reversos, como fez a Renault do Brasil, que falou das buscas por inovações que tem em seu radar.


Bruno Liz, analista de Projetos da Renault, destacou o ambiente favorável que a Business Round cria para quem participa. “É o encontro propício para a geração de inovações e que oportuniza a conexão com as ideias mais atuais do mercado. Fico muito feliz por poder apresentar algumas das "dores" que hoje temos na Supply Chain do Groupe Renault e compartilhar ideias com pessoas que estão construindo o futuro”, disse ele.


Também fizeram pitches reverses a AGO Social, a Grube Registro de Marcas e Agência de Gestão, além do próprio Hipe Innovation Center. “Esse espírito e energia do Vale do Pinhão é um estímulo a mais para nossas startups residentes e nos ajuda a dar visibilidade e promover novos negócios”, salientou Ricardo Pontes, CEO do Hipe.

"Nosso ecossistema de startups é destaque mundial e isso se deve, também, a toda essa conexão proporcionada pelo movimento do Vale do Pinhão, especialmente em eventos como o Business Round", disse Paulo Krauss, diretor técnico da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.


O Business Round é uma iniciativa da Agência Curitiba e conta com o apoio de todos os atores da comunidade de empreendedorismo inovador da cidade, em especial da Assespro-PR e do Sebrae-PR.

Edição de setembro da Business Round lotou o espaço Hipe nesta segunda-feira. Foto: Divulgação

Informações da SMCS

© Copyright 2007 - 2022 Jornal de Curitiba
Publicado por Editora MR Agência Digital