Rancho das Flores vem com mais integrantes e idosos na bateria

Formado por foliões que já passaram dos 60 anos de idade, o Rancho das Flores vai fazer o maior carnaval para comemorar seus 30 anos de história. Neste sábado (22/2), às 19h30, 398 idosos entrarão na Marechal Deodoro para encerrar a programação reservada aos blocos no primeiro dia do Carnaval de Curitiba. A partir das 18h desfilam também Afoxé e  Unidos de Judá.

Rancho das Flores vem com mais integrantes e idosos na bateria. Foto:Ricardo Marajo/FAS


Além de 360 participantes das atividades ofertadas pela Fundação de Ação Social (FAS), vão defender o estandarte do Rancho das Flores seis pessoas atendidas nos Centros Pop - as unidades de atendimento diurno para pessoas em situação de rua - e 32 pioneiros do bloco, os primeiros foliões. O mais velho tem 88 anos.
Foto:Ricardo Marajo/FAS

Novidades na Marechal
Diferente dos carnavais passados, desta vez o bloco terá a ala da bateria formada por 40 idosos que participaram das oficinas de percussão oferecidas pela Fundação Cultural. Quem não passou por esta oficina, teve a oportunidade de participar de uma outra, específica para confeccionar adereços para as fantasias do bloco.

Rancho das Flores, 30 anos de Paixão Futura e Saudade é o tema do carnaval do bloco, cuja marchinha foi composta por Luís Ferreira, Roberto Prado, Sérgio Viralobos, Walmor Góes e Thadeu Wojciechowski.

A produção do desfile é uma parceria entre Fundação Cultural de Curitiba e FAS.

Foto:Ricardo Marajo/FAS

© Copyright 2007 - 2022 Jornal de Curitiba
Desenvolvido por Editora MR Agência Digital